Dólar sobe mais de 1% após sinais de redução de estímulo

Nesta quinta-feira, o Banco Central realizará o sexto leilão de swap cambial tradicional para rolar os vencimentos de 2 de dezembro

São Paulo – O dólar abriu em alta de mais de 1 por cento nesta quinta-feira, voltando a se aproximar de 2,30 reais, após a ata da última reunião do Federal Reserve sinalizar que o banco central norte-americano pode começar a reduzir seus estímulos monetários em uma de suas próximas reuniões.

Às 9h10, o dólar avançava 1,04 por cento, a 2,2935 reais na venda. Na sessão anterior, a moeda dos Estados Unidos caiu 0,33 por cento, para 2,2700 reais, em um dia de volume bastante reduzido devido a feriado nas principais praças financeiras do Brasil.

Nesta quinta-feira, o Banco Central realizará o sexto leilão de swap cambial tradicional para rolar os vencimentos de 2 de dezembro, com oferta de até 20 mil contratos. E também promoverá mais um leilão de swap previsto em seu cronograma de atuações diárias, com a oferta de até 10 mil contratos com vencimentos em 5 de março e 2 de junho de 2014. (Reportagem de Marília Carrera; Edição de Camila Moreira)