Dólar chega a subir 1% ante real com exterior

Às 10h49, a moeda norte-americana subia 0,91%, a 2,6833 reais na venda, após fechar 2014 com alta de quase 13%, quarto avanço anual consecutivo

Em mais um dia de baixo volume, o dólar chegou a avançar 1 por cento ante o real nesta sexta-feira, primeiro pregão de 2015, acompanhando a valorização da divisa dos Estados Unidos no exterior e após o Banco Central reduzir pela metade suas intervenções diárias no câmbio.

Às 10h49, a moeda norte-americana subia 0,91 por cento, a 2,6833 reais na venda, após fechar 2014 com alta de quase 13 por cento, quarto avanço anual consecutivo.

Na máxima desta sessão, a divisa chegou a 2,6947 reais.

“A mudança no programa do BC deixa claro que, com o câmbio nesses níveis, ele não vai brigar para fazer o dólar cair”, disse o superintendente de câmbio da corretora TOV, Reginaldo Siaca.

“E com pouca gente no mercado e sem mais notícias, o mercado aqui acaba se alinhando com lá fora”, acrescentou.

A perspectiva de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, eleve os juros neste ano tem impulsionado a divisa norte-americana globalmente.

Essa expectativa contribuiu para levar o dólar às máximas em quase dez anos ante o real e espera-se que o câmbio siga pressionado nos próximos meses.

Na terça-feira, o BC anunciou que continuará intervindo diariamente no câmbio, mas reduzirá a oferta para 2 mil swaps cambiais, equivalentes a 100 milhões de dólares, contra os 4 mil contratos que vinha ofertando diariamente.

A autoridade monetária também ressaltou que poderá “realizar operações adicionais de venda de dólares através dos instrumentos ao seu alcance”.

Nesta manhã, o BC vendeu a oferta diária de swaps no novo modelo de rações diárias.

Foram vendidos 1,1 mil contratos para 1º de setembro e 900 para 1º de dezembro, com volume correspondente a 98 milhões de dólares.

A autoridade monetária também dará início nesta sessão à rolagem do lote de swaps cambiais que vence no dia 2 de fevereiro, com a oferta de até 10 mil contratos com vencimento em 3 de novembro de 2015 e 1 de fevereiro de 2016.