Dólar chega a R$ 3,60 em corretoras de câmbio

Na Confidence Corretora, por exemplo, o dólar em espécie é vendido hoje a 3,22 reais, enquanto no cartão pré-pago o valor chegou a 3,60 reais

São Paulo – O dólar seguia em disparada nesta quarta-feira. A moeda americana subia 1,32% frente ao real e era cotada em 2,87 reais – o valor é o mais alto desde 2004.

Mas em algumas corretoras de câmbio, a moeda era vendida a valores superiores a 3 reais.

Na Confidence Corretora, por exemplo, o dólar em espécie era vendido nesta tarde a 3,22 reais, enquanto no cartão pré-pago o valor chegava a 3,60 reais.

Vale lembrar que no final de 2013 o governo aumentou a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), passando de 0,38% para 6,38% para gastos no exterior com cartões de débito e pré-pagos, cheque de viagem e saques em moeda estrangeira. 

Exame.com realizou um levantamento para saber por quanto as corretoras estavam vendendo a moeda americana nesta quarta-feira. 

Corretora Dólar em espécie Dólar no cartão pré-pago
Western Union 3,03 reais 3,03 reais
Treviso Corretora de Câmbio 3,00 reais 3,16 reais
Fast Money Tour 2,97 reais 3,14 reais
Confidence Câmbio 3,22 reais 3,60 reais

Complicações pela frente

Nesta semana, Luís Stuhlberger, gestor responsável pelo Fundo Verde, um dos maiores fundos hedge do mundo, afirmou que está apostando na desvalorização do real.

O gestor acredita numa piora geral dos ativos brasileiros, que não refletiriam hoje o contínuo processo de deterioração da economia doméstica.

“Poucas vezes em minha carreira profissional me lembro de ter visto um alinhamento de circunstâncias negativas tão forte que levaria a uma depreciação cambial”, diz.

Stuhlberger diz que o ativo com o preço “mais profundamente errado” é o dólar, que deveria, portanto, subir.

Projeções

De acordo com a mediana das estimativas do último boletim Focus, o dólar deve encerrar 2015 em 2,80 reais. A estimativa foi apresentada pela sexta semana seguida.

Para 2016, a mediana das estimativas para o dólar segue estável em 2,90 reais pela segunda semana consecutiva.

A reportagem de EXAME.com ligou para as corretoras de câmbio sem se identificar, como faria qualquer turista brasileiro interessado em comprar dólar. Recebeu como resposta os valores acima citados.

A Confidence Câmbio contesta o valor de 3,60 reais apurado. Segundo a empresa, a cotação ficou em 3,05 reais para a moeda em espécie e em 3,21 reais para cartão pré-pago, já incluído o IOF.

 Matéria atualizada às 19h42.