Dólar cai com avaliação de melhora na Grécia e na Itália

Moeda cai 0,23% na abertura, cotada a R$ 1,757

São Paulo – O dólar comercial abriu em baixa de 0,23%, a R$ 1,757, dando sequência à queda registrada no fechamento de ontem, quando caiu 0,23% e foi a $ 1,761. Às 10h25, a cotação da moeda norte-americana seguia no mesmo valor da abertura, a R$ 1,757.

Os mercados estão demonstrando, pela manhã, que recebem bem a troca de governo na Grécia e que acreditam que o mesmo será feito na Itália. O que está sendo aplaudido é a ideia de que os países em dificuldade passem a ser administrados com vistas, exclusivamente, a diminuir as dívidas soberanas e pagar os credores, ou seja, os mercados financeiros. Como cada um deles sobreviverá a isso e se as economias voltarão a crescer e quando, fica para ser analisado depois.

Apesar disso, os investidores sabem que a solução definitiva para a atual crise mundial vai muito além de resolver a questão da dívida. Assim, as incertezas devem continuar fortes, dominando as decisões de negócios. A volatilidade ainda é e será a característica maior do comportamento dos mercados e cada informação nova tende a interferir nos preços dos ativos.

No Brasil, a agenda é fraca. Aqui, o IBGE revelou os detalhes do IPCA, cujo resultado principal vazou, ontem. A taxa de outubro ficou em 0,43%, com a inflação do ano acumulando 5,43% e a de 12 meses, 6,97%. Os núcleos mostraram variações muito próximas ou iguais às de setembro. E não há reações no mercado de câmbio.