Dólar cai 0,39% após anúncio de swap tradicional

Moeda registra queda ante o real após o Banco Central anunciar um leilão cambial tradicional

São Paulo – Em mais uma sessão marcada pela volatilidade no mercado de câmbio brasileiro, o dólar caía ante o real após o Banco Central anunciar um leilão de swap cambial tradicional, operação que equivale a uma venda de dólares no mercado futuro. Os investidores continuavam atentos ao cenário externo também.

Às 12h24 (horário de Brasília), a moeda norte-americana recuava 0,39 por cento, cotada a 2,0311 reais. A divisa atingiu 2,0240 reais na mínima do dia e 2,0530 reais na máxima. O BC anunciou um leilão de swap cambial tradicional nesta quarta-feira, ofertando até 40 mil contratos. O resultado da operação será divulgado a partir das 12h30.

De acordo com agentes de mercado, a autoridade monetária vem intervindo no mercado para frear movimentos bruscos da moeda norte-americana e evitar distorções no câmbio. “O BC está se importanto mais em como o dólar está subindo em vez de se focar na defesa de um patamar específico”, acredita o diretor de câmbio da Intercam Corretora, Jaime Ferreira.

Na quarta-feira, o BC realizou um leilão de swap tradicional em uma oferta de até 80 mil contratos, número que, segundo Ferreira, sinaliza a força da autoridade monetária para impedir valorizações excessivas do dólar. O dólar chegou a ultrapassar 2,10 reais durante a última sessão, mas fechou cotado a 2,0391 reais após a intervenção do BC, marcando o maior recuo da divisa em mais de quatro meses.

No exterior, os investidores continuavam cautelosos diante do impasse sobre a situação grega, uma vez que o país pode ter que deixar a zona do euro. Tal apreensão atraía os recursos para ativos mais seguros, como é o caso da moeda dos Estados Unidos. Segundo o formulador de política econômica do Banco Central Europeu (BCE), Ewald Nowotny, qualquer forma de saída da Grécia da zona do euro seria um transtorno enorme com consequências imprevisíveis.