Dólar cai 0,36% ante real em pregão sem atuação do BC

O dólar fechou em queda de 0,36 por cento, cotado a 2,0228 reais na venda

São Paulo – O dólar recuou ante o real nesta terça-feira, dia em que o Banco Central se manteve ausente do mercado de câmbio, permitindo que a moeda norte-americana retomasse a tendência de queda ditada pelas medidas de estímulo monetário dos Estados Unidos.

O dólar fechou em queda de 0,36 por cento, cotado a 2,0228 reais na venda. Durante o dia, a moeda oscilou entre 2,0248 reais e 2,0365 reais.

A moeda norte-americana avançou quase 1 por cento na véspera, depois que o BC interveio no mercado com um leilão de swap cambial reverso –operação que equivale à compra de dólares no mercado futuro. Foi o quarto leilão deste tipo realizado pela autoridade monetária em menos de uma semana.

Operadores acreditam que, sem a constante intervenção do BC, o dólar pode seguir caindo frente ao real, com a perspectiva de que entrem mais fluxos cambiais no país.

“A direção do dólar é de baixa, ele só para de cair ou às vezes sobe quando acontece alguma desgraça no mundo ou quando o BC atua”, disse o operador de câmbio da Interbolsa Corretora, Ovídio Soares.


“Como lá fora as coisas não estão mais tão ruins como antes e, além disso, teve as medidas do Fed, isso significa grande chance de mais dólar entrar no Brasil”, acrescentou ele.

As recentes intervenções do BC no mercado de câmbio afastaram o dólar do piso informal de 2 reais, apesar do impacto provocado pelas medidas do Fed.

O banco central norte-americano afirmou que comprará 40 bilhões de dólares em dívida hipotecária por mês até que as perspectivas de emprego melhorem substancialmente no país. Parte desta liquidez poderá ser direcionada para países emergentes como o Brasil, com investidores em busca de rendimentos maiores.

Nesta terça-feira, no entanto, o otimismo dos mercados no exterior diminuiu um pouco e o dólar chegou a subir ante outras divisas diante de precupações com a Espanha. Dessa forma, o movimento do real se descolou novamente do exterior.

Às 17h37, o moeda dos Estados Unidos tinha alta de 0,24 por cento ante uma cesta de divisas, enquanto o euro caía 0,56 por cento ante o dólar.