Dólar a 3,14; Samarco só em 2017…

Bolsa estável; dólar em 3,14

O Ibovespa fechou mais um dia perto da estabilidade, com alta de 0,09%. A terça-feira foi de poucas negociações, com o volume financeiro abaixo da média diária do mês, que é de 5,5 bilhões de reais. Investidores mantiveram cautela diante do início da votação do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, o que deve terminar na quarta-feira 10. Entre as ações mais negociadas estão os papéis preferenciais da Vale, que subiram 1,5%, e os ordinários da Petrobras, que caíram 0,5%. Já o dólar recuou 0,84% e fechou o dia em 3,14 reais — batendo nova mínima em 13 meses.

_

Samarco: em 2017?

A mineradora Vale já considera a possibilidade de a Samarco, companhia controlada por ela e pela anglo-australiana BHP Billiton, voltar a operar apenas no final de 2017. A afirmação foi feita pelo diretor de controladoria e relações com investidores da Vale, Rogério Nogueira, em evento nesta terça-feira. A empresa teve suas atividades interrompidas em novembro de 2015 por causa do rompimento de uma de suas barragens na cidade de Mariana, em Minas Gerais. “Vemos alguns cenários. Há uma perspectiva de que ela [Samarco] volte no primeiro semestre do ano que vem ou uma possibilidade de que volte no fim do ano [2017]. Tudo passa pelo licenciamento”, disse Nogueira. A previsão inicial era que a companhia voltasse a operar ainda neste ano. A principal dificuldade tem sido conseguir as licenças ambientais necessárias.

_

Smiles cai

As ações da empresa de fidelidade Smiles caíram 1,5% nesta terça-feira — uma das maiores perdas do dia no Ibovespa. A queda aconteceu mesmo após a apresentação de um resultado que foi considerado bom por analistas. O lucro da companhia subiu 38%, para 123,6 milhões de reais, no segundo trimestre deste ano, na comparação anual. Já a receita subiu 27%, para 349,8 milhões de reais.

_

Magazine Luiza recomendada

Entre os destaques fora do Ibovespa estão as ações da varejista Magazine Luiza, com uma alta de 6,5%. Contribuiu para o bom desempenho da empresa um relatório do banco BTG Pactual que elevou a recomendação dos papéis para compra. Para analistas do banco, a varejista está conseguindo resolver os principais pontos de preocupação em seus balanços, como a alavancagem e os baixos lucros. Na semana passada, o Magazine Luiza anunciou um lucro de 10,4 milhões de reais — o triplo do registrado no segundo trimestre de 2015.

_

Varejo se recupera

As vendas no varejo cresceram 0,1% em junho deste ano na comparação com o mês anterior, informou o IBGE. O resultado foi o melhor para o mês desde 2013. Já na comparação com junho de 2015 houve uma queda de 5,3% nas vendas. Três das oito atividades pesquisadas mostraram expansão em junho na comparação com maio, com destaque para artigos de uso pessoal e doméstico (0,8%) e tecidos, vestuários e calçados (0,7%).