Operadoras das bolsas de Londres e Frankfurt acertam fusão

A LSE administra as bolsas de Londres e Milão, assim como a sociedade de investimentos de índices americana Russell Investments

O operador alemão da bolsa Deutsche Börse anunciou nesta quarta-feira um acordo de fusão com a plataforma britânica London Stock Exchange (LSE), com a qual estava em negociações.

A LSE administra as bolsas de Londres e Milão, assim como a sociedade de investimentos de índices americana Russell Investments.

Por sua vez, a Deutsche Börse é proprietária da Bolsa de Frankfurt, da câmara de compensação de Luxemburgo Clearstrem a e da plataforma de produtos derivados Eurex.

“Após a aprovação do conselho de vigilância da Deutsche Börse, o diretório da Deutsche Börse concluiu um acordo sobre a fusão com a LSE, em forma de holding” domiciliado no Reino Unido, anunciou o grupo em um comunicado.

A fusão “entre iguais”, segundo o comunicado, permitirá criar “um grupo líder de infraestruturas de mercado mundiais com base na Europa”.

Os acionistas da LSE terão 45,6% da nova estrutura e os do Deutsche Borse 54,4%.

A fusão permitirá economizar 450 milhões de euros graças às sinergias.

A Deutsche Börse, com sede em Eschborn (oeste da Alemanha), havia fracassado em uma tentativa de se fundir com a NYSE Euronext, que administra a bolsa de Nova York, assim como as de Paris, Amsterdã, Bruxelas e Lisboa.