Deutsche Boerse e NYSE confirmam plano de venda de ativos

Venda de ativos é um esforço para ganhar apoio de autoridades para a fusão entre as duas bolsas, estimada em 9 bilhões de dólares

Frankfurt – A Deutsche Boerse e a NYSE Euronext confirmaram nesta sexta-feira planos para vender ativos ligados a operações com opções de ações na Europa e para dar a rivais acesso a clearing de derivativos, em um esforço para ganhar apoio de autoridades para a fusão de 9 bilhões de dólares.

Fontes próximas do acordo, tinham afirmado anteriormente à Reuters que as operadoras de bolsas submeteram o plano à Comissão Europeia no fim da quinta-feira, prazo final para que as empresas oferecessem concessões para resolver as preocupações de concorrência das autoridades.

“Deutsche Boerse e NYSE Euronext continuam a acreditar que a transação não terá efeito negativo sobre a competição, mas, em vez disso, vai ampliá-la ao entregar um contra-peso regulado, estável e transparente na Europa aos centros estabelecidos na América e Ásia”, afirmaram as bolsas em comunicado.

Os dois grupos enfrentam uma cuidadosa avaliação da fusão, que criará a maior operadora de bolsa de valores do mundo se receber aprovação das autoridades.

A Comissão Europeia deve dar seu parecer sobre a tomada de controle da NYSE Euronext até o final do ano.