Dados de emprego e inflação centram as atenções dos investidores no Brasil

Na cena internacional a ata do Banco Central da Inglaterra e a reunião entre líderes da Zona do Euro são destaque

São Paulo – A semana compreendida entre 21 e 25 de março contará com a divulgação de importantes indicadores, tanto no Brasil como no exterior. Mais uma vez as atenções estarão centradas nos conflitos que ocorrem na Líbia, especialmente por conta das oscilações nos preços do petróleo, além dos desdobramentos da crise nuclear que se intensifica no Japão.

“A volatilidade deverá ser mais moderada, mas ainda estará presente nos mercados acionários mundiais”, prevê a equipe de pesquisa da Coinvalores. O Ibovespa, principal benchmark brasileiro, encerrou a semana passada com ganho de 0,30%, aos 66.879 pontos. Na contramão, o Dow Jones de Nova York perdeu 1,5%, enquanto o S&P 500 e o Nasdaq recuaram 1,9% e 2,7%, respectivamente. No decorrer desta semana, as bolsas da Ásia devem permanecer no radar do mercado.

Indicadores no Brasil

Por aqui, serão publicados na segunda-feira (21) os dados semanais da balança comercial e o boletim Focus do Banco Central. A BM&FBovespa informa ainda o quanto movimentou no exercício de opções sobre ações. Já na terça-feira (22) não constam eventos e indicadores importantes.

Na quarta-feira (23) sairá o primeiro indicador de inflação previsto para a semana: o IPCA-15, referente ao mês de março. “A expectativa é de que a inflação forte no primeiro bimestre ceda, com o fim de reajustes concentrados nessa parte do ano, e que o IPCA-15 tenha variação de 0,53% na comparação mensal”, prevê a equipe de pesquisa do Banco Fator. A taxa de desemprego de fevereiro, calculada pelo IBGE, será divulgada na quinta-feira (24). A projeção da Gradual Investimentos é de que a taxa fique em 6,4%, acima dos 6,1% registrados em janeiro.

O Banco Central divulga a nota à imprensa do setor externo de fevereiro na sexta-feira (25), com dados do saldo de conta corrente e balanço de pagamentos. “A conta corrente no Brasil deve continuar mostrando déficit, porém o balanço de pagamentos deve seguir superavitário, com grande entrada de recursos nos investimentos (diretos e em carteira)”, prevê o Banco Fator. Ainda na sexta-feira estão previstos os dados de inflação da terceira semana do IPC-Fipe. Tanto o Banco Fator como a Gradual Investimentos prevêem um recuo de 0,36% para 0,30%.

Estados Unidos

Na segunda-feira sairá o índice de atividade nacional do Fed de Chicago, referente a fevereiro. O dia também contará com a divulgação dos dados do setor imobiliário nos EUA. Serão publicadas as vendas de casas existentes de fevereiro.

O índice de preços de casas FHFA de janeiro será conhecido na terça-feira, quando também sairá os números do índice de atividade do Fed de Richmond, referente a março. Já na quarta-feira serão divulgadas as vendas de casas novas em fevereiro.

“O setor imobiliário dos EUA está muito ruim e mesmo os dados que melhoraram no último mês (como os de vendas de casas existentes e novas) têm expectativa de piora nesse mês”, afirma a equipe de pesquisas do Banco Fator. Na quinta-feira serão conhecidos os dados das encomendas de bens duráveis de fevereiro. Já na sexta-feira teremos o dado final do Produto Interno Bruto (PIB) do 4º trimestre.

Europa

Na Velho Continente, o destaque fica para o dado de encomendas à indústria em janeiro, que sairá na terça-feira. Já na quinta e sexta-feira ocorrerá a reunião formal do Pacto do Euro, com a presença dos chefes de estado e de governo dos países da União Européia. Nessa reunião devem-se discutir os detalhes finais da proposta anunciada na reunião de 11 de março para alteração do EFSM, o EFSF e o ESM (os fundos de estabilização financeira da Grécia, de outros países da Zona do Euro até 2013 e aos 2013, respectivamente).

Reino Unido

Na terça-feira será conhecida a inflação ao consumidor em fevereiro. Neste mesmo dia sairá o dado de superávit nominal do setor público, relativo a fevereiro. Os números de janeiro surpreenderam ao mostrar um superávit, efeito das medidas tomadas pelo governo na virada do ano (aumento de impostos e cortes de gastos).

A ata da reunião de 10 de fevereiro do Banco Central da Inglaterra (BOE, na sigla em inglês) sairá na quarta-feira, mesmo dia em que o ministro das finanças britânico divulga o orçamento para 2012.

Ásia

A publicação de importantes indicadores no Japão seguirá ofuscada pelos desenvolvimentos recentes relativos ao terremoto, à reconstrução e aos problemas nas usinas nucleares no país. Entre os eventos previstos, está a balança comercial de bens na quarta-feira e o índice de preços ao consumidor na sexta-feira.