CVM suspende XM Global por captação irregular de clientes no Brasil

Empresa não tem autorização para atuar com ofertas no país, diz o órgão

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais no, enviou um alerta ao mercado sobre a atuação irregular da empresa XM Global Limited. Segundo o comunicado, a área técnica detectou indícios de que a empresa, por seus sites e pelas redes sociais tenta captar clientes para operações no mercado forex (Foreign Exchange). A corretora vinha oferecendo operações com bitcoin no Brasil.

A superintendência do órgão alertou que a XM Global não está autorizada a captar clientes residentes no Brasil. Além disso, alerta o órgão, o mercado de Forex, que consiste em operar com trocas de moedas no mercado de câmbio, não é regularizado no Brasil. Segundo a CVM, qualquer oferta envolvendo a operação é ilegal, incluindo as feitas por operações estrangeiras por meio da internet.

EXAME procurou a XM para se pronunciar, que responde afirmando que fará seu posicionamento em breve.

A CVM determinou a imediata suspensão de veiculação de qualquer oferta de oportunidades de investimento no mercado de forex ou quaisquer outros derivativos. Caso não seja cumprida a determinação, a empresa estará sujeita à multa cominatória diária no valor de R$ 1.000,00.

Com sede fiscal em Belize, um país na América Central conhecido como paraíso fiscal, a empresa se autodeclara como uma corretora preferencial para operadores de câmbio e tem ampla atuação internacional. Em seu site em português, a XM diz ter mais de 2,5 milhões de clientes em 196 países desde que foi fundada, em 2009. 

Ofertas irregulares na mira da CVM

A CVM vem apertando o cerco a ofertas irregulares de investimentos no Brasil, que tem se multiplicado desde a popularização das criptomoedas, especialmente o bitcoin, que atingiu o pico histórico em dezembro de 2017 e chegou a atrair mais de 1 milhão de investidores no Brasil..

No acumulado de 2019 até agosto, a autarquia suspendeu ao menos 12 ofertas irregulares de investimentos sem autorização do órgão, muitas delas suspeitas de envolvimento com pirâmides financeiras. A quantidade supera os alertas de todos os anos anteriores desde o início da série, em 2005, apurou EXAME.

A CVM alertou aos investidores que receberem propostas de investimento da XM Global Limited que entrem em contato por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão para fornecer detalhes da oferta e a identificação das pessoas envolvidas, para que a autarquia possa tomar as devidas providências.