Cteep: Emissão de títulos verdes teve demanda de 2,9 vezes a oferta base

Empresa informou que emitiu R$ 621 milhões em debêntures simples e não conversíveis, com taxa final de IPCA mais 4,7% e prazo de sete anos

São Paulo – A emissão de títulos verdes, os chamados ‘Green Bonds’, concluída nesta segunda-feira, 7, pela ISA Cteep teve uma demanda de 2,9 vezes o valor da oferta base, disse o diretor financeiro e de Relações com Investidores da Companhia, Rinaldo Pecchio Junior, em nota à imprensa, na qual comenta sobre os resultados da operação.

A Cteep informou mais cedo que emitiu R$ 621 milhões em debêntures simples e não conversíveis, com taxa final de IPCA mais 4,7% e prazo de sete anos, com amortização na data de vencimento. “Para a companhia, a operação melhora a rentabilidade dos projetos, alcançando custo altamente competitivo – equivalente ao risco soberano”, destacou Pecchio.

A empresa explicou que os recursos serão utilizados integralmente para financiar projetos arrematados nos leilões de outubro de 2016 e abril de 2017, que somam R$ 2,5 bilhões de investimentos.

As debêntures foram classificadas como “títulos verdes”, que consideram critérios de desempenho socioambiental e de governança na implantação dos empreendimentos, avaliados por uma empresa certificadora homologada.

“A aplicação dos recursos captados será monitorada por uma auditoria especializada, que acompanhará o destino e o enquadramento dos empreendimentos da ISA Cteep nas condições de projeto verde. Esses ativos trazem benefícios ambientais, pois sua construção aumentará a disponibilidade do sistema de transmissão para energia renovável”, explicou o executivo na nota.