Criptomoedas vão sobreviver apesar de onda vendedora, diz economista

O economista-chefe do grupo Allianz disse também que é positivo que mais investidores institucionais estão se envolvendo em projetos de criptomoedas

Nova York – As moedas digitais, que atravessam fortes quedas, vão sobreviver, mas ligadas a outros mercados, e não como uma classe separada de ativos, disse Mohamed El-Erian, economista-chefe do grupo Allianz, nesta terça-feira.

Veja também

Durante a conferência Consensus: Invest in New York, promovida pela Coindesk, El-Erian afirmou que o fato de que mais investidores institucionais estão se envolvendo em vários projetos de criptomoedas, mesmo com o afastamento dos investidores de varejo causado pela queda nos preços, é um sinal positivo para o mercado.