Cosan afunda 7% na Bolsa com possível incorporação da Cosan Log

O objetivo da operação é otimizar a estrutura e reduzir os custos operacionais

São Paulo – As ações da Cosan lideravam as perdas do Ibovespa na tarde desta quarta-feira (24). Por volta das 13h, os papéis registravam desvalorização de 7%, sendo negociados na casa dos 34 reais.

A companhia informou, por meio de fato relevante, que irá avaliar a viabilidade de incorporação da Cosan Log pela Cosan. O objetivo é simplificar e otimizar a estrutura societária do grupo e reduzir os custos operacionais.

Veja também

Com a operação, a Cosan passaria a ser sucessora universal da Cosan Log e, portanto, acionista controladora direta da Rumo, com a manutenção do controle indireto pela Cosan Limited.

Disse ainda que o estudo de viabilidade incluirá o levantamento das autorizações, as condições e processos necessários à implementação da operação pretendida em até 12 meses, incluindo a possibilidade de constituição de comitês independentes para negociação da relação de troca, conforme normas em vigor.

Ibovespa

Na tarde desta quarta-feira, o Ibovespa, operava no vermelho, em baixa de 1,41% aos 84 mil pontos.

A bolsa brasileira acompanha o mercado externo que segue preocupado com a economia chinesa, com a situação econômica da Itália, evolução do Brexit e temores de um FED (Banco central americano) mais agressivo com juros.

Somado a isso, os investidores acompanharam a divulgação de mais uma pesquisa eleitoral. O Ibope divulgado ontem mostrou que Jair Bolsonaro segue na liderança com 57% e Fernando Hadadd, com 43% das intenções de votos.

Em relatório divulgado a clientes, a Mirae Asset afirmou o cenário político continua gerando grande influência para o comportamento do Ibovespa.

“As seguidas pesquisas de intenções de votos e um bombardeio de ataques entre candidatos e vídeos comprometedores que se acentuam naturalmente neste momento político.”