Com incerteza sobre aprovação da reforma, dólar bate R$ 3,30

A incerteza se a reforma da Previdência será aprovada pelo plenário da Câmara tem impactado no mercado de câmbio

São Paulo – O dólar segue a trajetória de alta apresentada nos últimos dias e bateu 3,30 reais. Frente ao real, a moeda registrava valorização de 0,63%.

Ontem, a moeda americana fechou em alta de 1,73%, a 3,28 reais. Foi o maior valor desde maio desde ano, quando o  mercado reagiu à delação de executivos do grupo J&F.

A incerteza se a reforma da Previdência será aprovada pelo plenário da Câmara tem impactado no mercado de câmbio.

Ontem, o líder do governo na Câmara,  Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), afirmou que o o governo fechou acordo com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para começar a votar a proposta de reforma da Previdência no dia 18 de dezembro.

Hoje, um levantamento realizado pelo jornal O Estado de São Paulo com deputados apontou que 212 parlamentares disseram que votariam contra o texto que modifica as regras para se aposentar no Brasil.

O placar inviabilizaria a aprovação da reforma porque o governo conseguiria, no máximo, 300 votos a favor – menos do que a exigência de 308 votos para aprovar uma proposta de emenda à Constituição (PEC).