Com baixa liquidez e Fed, dólar fecha em queda

Os investidores aguardam o resultado da reunião do Fed para saber se o BC norte-americano, finalmente, começará a reduzir as compras de bônus mensais

São Paulo – O dólar à vista fechou em queda nesta terça-feira, 16, em meio à baixa liquidez e à cautela antes do anúncio da reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), nesta quarta-feira, 18, nos EUA. A entrada de recursos no mercado à tarde o viés de baixa apresentado pelo dólar no exterior também contribuíram para o fraco desempenho da moeda do país internamente.

Os investidores aguardam o resultado da reunião do Fed para saber se o BC norte-americano, finalmente, começará a reduzir as compras de bônus mensais.

No entanto, um levantamento com 43 economistas feito pelo “The Wall Street Journal” revelou que apenas 11 projetam que o anúncio da redução das compras seja feito nesta quarta-feira. Um relatório do banco Standard Bank, divulgado nesta segunda-feira, 16, cita pesquisas que mostram que 70% das casas não apostam que mudanças sejam anunciadas esta semana.

Nesta segunda-feira, o BC do Brasil fez mais um leilão de rolagem de contratos de swap cambiais e também houve a divulgação de dados da balança comercial brasileira. O BC vendeu 5,5 mil contratos de swap (US$ 273,8 milhões) para 2 de maio de 2014, e mais 14,5 mil contratos (US$ 716,5 milhões) para 1º de setembro de 2014. Trata-se da sexta etapa de rolagem de um pacote de swap de quase US$ 10 bilhões que vence no início de janeiro.

Já o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) anunciou que a balança comercial do País teve superávit de US$ 383 milhões na segunda semana de dezembro. Com esse saldo positivo, o resultado da balança em 2013 voltou a ficar positivo, em R$ 15 milhões.

O dólar à vista acentuou as perdas no período da tarde, após um fluxo de entrada de recursos no mercado, que contribuiu para elevar o giro de negócios e, ao mesmo tempo, favoreceu o sinal negativo da divisa, afirmaram operadores consultados pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

O dólar terminou a sessão cotado a R$ 2,3290 (-0,26%) no mercado de balcão. O giro à vista estava perto de US$ 1,005 bilhão por volta das 16h30 – US$ 971,5 milhões em D+2, de acordo com dados da clearing de câmbio da BM&FBovespa. No mercado futuro, o dólar para janeiro era cotado em R$ 2,3365 (-0,11%). O giro totalizava US$ 11 bilhões.