Com possível acordo na Lava Jato, Braskem dispara na Bolsa

Mercado opera de mau humor, influenciado pelo clima de incerteza no cenário político interno

São Paulo — A Braskem é uma das poucas empresas que conseguiam registrar altas na Bolsa nesta sexta-feira (02). Durante a manhã, as ações preferenciais da companhia chegaram a subir quase 8% e eram cotadas a 29,20 reais cada uma, na máxima do dia.

Antes da abertura do pregão, a petroquímica informou que espera fechar um acordo de leniência com autoridades brasileiras e norte-americanas sobre os fatos que envolvem a companhia no âmbito da operação Lava Jato. 

No geral, o mercado opera de mau humor, ainda impactado pelas incertezas no cenário político interno. Além dos últimos capítulos da crise interna que Michel Temer enfrenta, os investidores acompanham o desenrolar da assinatura do acordo de colaboração da Odebrecht com os procuradores da Lava Jato. Ontem, o Ibovespa fechou com a maior queda em 10 meses — de quase 3,9%.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O mais intrigante e’ que o Tesouro Americano enriquece com a corrupção das companhias estrangeiras, mas o tesouro brasileiro nuncavrecebeu nenhum vintém de multáveis companhias americanas.