Cobre sobe com apetite por risco gerado por China

Por volta das 8h25 (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 1,3%, a US$ 4.676,50 por tonelada

São Paulo – Os futuros de cobre operam em alta em Londres e Nova York nesta manhã, com o apetite por risco alimentado por notícias positivas da China, o maior consumidor mundial de metais básicos.

A principal bolsa chinesa, a de Xangai, subiu 2,4% no pregão de hoje, em reação à decisão de Pequim de conceder novos incentivos para a compra de imóveis e de substituir o presidente do órgão regulatório de valores mobiliários do país.

Por volta das 8h25 (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 1,3%, a US$ 4.676,50 por tonelada.

Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova York (Nymex), o cobre avançava 2,14%, a US$ 2,1210 por libra-peso, às 8h44 (de Brasília).