Camex reduz imposto de importação sobre tubos de aço

Alíquota foi reduzida por um ano para 2%, redução vale para cota conjunta de 13 mil toneladas

São Paulo – A Câmara de Comércio Exterior decidiu reduzir por um ano alíquota do Imposto de Importação sobre alguns produtos que incluem tubos soldados de aço e folhas e chapas de alumínio, citando razões de abastecimento.

Segundo resolução 60, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, o imposto foi reduzido para 2 por cento e a redução vale para cota conjunta de 13 mil toneladas. No caso do alumínio, a cota total envolvida é de cerca de 1.000 toneladas.

A medida inclui ainda soro de leite, na cota de 2 mil toneladas. A Camex também baixou o tributo sobre cota de 40,4 mil toneladas de poliésteres, mas o prazo da medida vai até 17 de janeiro de 2014.

No início do mês, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o governo estudava reduzir alíquotas do Imposto de Importação de insumos básicos, como aço e produtos químicos, para conter a pressão de preços em meio à desvalorização do real contra o dólar.

Para mais detalhes, acesse.