CÂMBIO-Dólar sobe no exterior, seguindo disparada dos Tresuries

Por Tamawa Desai

LONDRES, 8 de dezembro (Reuters) – O dólar operava em alta
nesta quarta-feira e parecia capaz de sustentar a valorização
no curto prazo, com os rendimentos dos Tresuries disparando
após propostas de cortes de impostos nos Estados Unidos
melhorarem as perspectivas sobre a economia do país.

Os operadores seguiam a alta dos rendimentos de 10 anos dos
títulos do Tesouro norte-americano, que atingiram 3,25 por
cento — um nível não visto desde o final de junho,
maior que a máxima de terça-feira (3,18 por cento).

A disparada dos rendimentos é vista como um suporte ao
dólar no curto prazo, apesar do impacto fiscal adverso do plano
tributário do governo dos EUA.

Os Tresuries devem dar uma direção ao dólar no curto prazo
e os mercados estarão atentos a um leilão de bônus de 10 anos
que será realizado mais tarde nesta quarta-feira, assim como à
emissão de papéis de 30 anos na quinta-feira.

Às 10h55 (horário de Brasília), o dólar subia 0,49 por
cento contra as principais moedas .

O euro se depreciava 0,41 por cento, a 1,3207 dólar .
A moeda europeia não conseguiu se manter acima de 1,34 nesta
semana e na última.

A Irlanda se aproximava de garantir fundos de resgate após
aprovar um Orçamento austero na primeira de uma série de
votações. Porém, operadores disseram que os investidores ainda
devem vender o euro a qualquer momento por preocupações sobre a
capacidade da União Europeia de impedir o contágio da crise por
outros países.