Cabify compra Easy; tudo para você ler antes de a Bolsa abrir

Embora as startups divulguem que o acordo se trata de uma fusão, fontes confirmam a EXAME Hoje que a operação se tratou de uma aquisição

São Paulo – Leia as principais notícias desta quinta-feira (22) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Cabify se une à Easy contra 99 e Uber. Embora as startups divulguem que o acordo se trata de uma fusão, fontes confirmam a EXAME Hoje que a operação se tratou de uma aquisição.

Equipe econômica reduz previsão para o PIB de 2017. Após os escândalos envolvendo Temer e as delações da JBS, ministros e auxiliares do presidente revisaram a estimativa de crescimento do PIB de 0,5% para 0,4% este ano.

STF deixa votação sobre validade de delações da JBS para esta quinta. Até o momento, votaram os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes pela manutenção da relatoria e da homologação da delação.

Pedido de bloqueio de bens da JBS provoca temor no BNDES. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o bloqueio solicitado pela AGU pode atingir também 39 funcionários do banco por participarem das operações de investimento na empresa.

Braskem investirá R$ 2,2 bilhões em sua 6ª fábrica nos EUA. Mesmo envolvida em esquemas de corrupção investigados pela Lava Jato, o jornal Valor Econômico divulgou que a empresa anunciou o investimento para a construção de uma nova fábrica de polipropileno – matéria-prima usada na fabricação de artigos de plástico – nos EUA.

Statoil quer investir bilhões para triplicar sua produção de petróleo no Brasil. De acordo com reportagem do Estadão, a estatal espera chegar até 2030 com três vezes mais barris do que agora e quer cobrar o governo brasileiro por garantias de previsibilidade e um regime fiscal mais favorável.

Política e mundo

Ex-presidente do STF Joaquim Barbosa reluta em tentar presidência. A colunista Mônica Bergamo divulgou que o político ainda não foi convencido a sair candidato à Presidência da República, em 2018 e que ele diz estar mais para não entrar na disputa.

Relator da LDO 2018 diz que manterá meta de déficit de R$ 129 bilhões. Para o setor público consolidado, que inclui estados, municípios e estatais, a meta é negativa em R$ 131,3 bilhões. Para o relator, a equipe econômica está confiante de que vai cumprir a meta fiscal de 2018.

Mercosul e UE devem “consolidar integração” para gerar acordos. Especialista destacou que o tratado de livre-comércio que está sendo negociado pelos blocos “tem muito a ver” com a possibilidade de dinamizar os investimentos europeus.

Pacote de concessões de Doria fica para 2º semestre. O objetivo do prefeito era aprovar o projeto de lei 367/17 em primeira votação já na quarta-feira, mas a proposta foi travada pela própria base aliada.

Enquanto você desligou…

Falta de consenso no Cade dificulta fusão entre Kroton e Estácio. Segundo fonte, a Kroton propôs se desfazer de 250 mil alunos, mas alguns conselheiros do Cade consideram a oferta insuficiente.

Eletrobras deve cortar quase 50% do pessoal com reestruturação. O presidente da elétrica disse que a redução do quadro e outros cortes de custos, além da venda de imóveis administrativos e de distribuidoras de energia do grupo, deverão gerar uma economia anual de R$ 2,5 bilhões.

Itaú Unibanco sai da disputa para comprar Banco Patagonia. A declaração vem após o jornal argentino Clarin dizer que o Itaú fez a melhor oferta entre três interessados em comprar o controle do Patagônia, hoje do Banco do Brasil.

Cemig decide iniciar processo de venda de participação na Light. Segundo informações do site da B3, de 1º de junho, a companhia detém 26,06% do capital da Light, e a Lepsa e a RME, 13,03% cada uma.

Ex-presidente da Embraer será novo CEO da Ultrapar. Frederico Pinheiro Fleury Curado trabalhou por 32 anos na Embraer, 22 deles na diretoria, antes da empresa anunciar que troca de comando.

Agenda do dia

Nesta quinta-feira, sai o relatório mensal do Banco Central Europeu. Nos Estados Unidos, sai o índice de novos pedidos de auxílio-desemprego.