BVA pretende levantar R$ 300 mi com venda de ações

O controle do banco permanecerá com José Augusto Ferraz Santos e Ivo Lodo, afirmou fonte

São Paulo – O Banco BVA SA, especializado em crédito para empresas médias, pretende levantar R$ 300 milhões por meio da venda de ações preferenciais, de acordo com uma pessoa com conhecimento da situação que pediu anonimato pelos termos não serem públicos.

O controle do banco permanecerá com José Augusto Ferraz Santos e Ivo Lodo, de acordo com a pessoa.

O BVA não quis comentar, de acordo com sua assessoria de imprensa.

A agência de notícias Reuters publicou hoje que o BVA receberia uma injeção de capital de R$ 300 milhões.