BTG entra com um pedido de companhia aberta na CVM

Banco diz que o registro não tem relação com qualquer venda de títulos ou de ações

São Paulo – O BTG Pactual anunciou hoje que entrou com um pedido de registro junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para se tornar uma companhia aberta.

Segundo a nota divulgada à imprensa, o banco de investimentos de André Esteves não pretende realizar qualquer venda de títulos de dívida ou de ações e, principalmente, “não indica que uma oferta pública inicial esteja iminente”.

O banco afirma que o registro representa “mais um passo no processo contínuo para aprimorar sua transparência, governança corporativa e estrutura societária”.