Brasil pode estar perto de uma crise subprime, afirma Financial Times

Jornal critica a oferta de crédito brasileiro, que foi maior do que na China, na Rússia e na Índia nos últimos cinco anos

São Paulo – Com crescimento do crédito de 2,4 vezes o PIB nominal, o jornal britânico Financial Times afirmou que a situação econômica do Brasil em cinco anos lembra “de forma preocupante” a crise financeira que alcançou o auge nos Estados Unidos em 2008.

O artigo, escrito por Paul Marshall, CIO da Marshall Wace e administrador da Eureka Fund, mostra que as dívidas chegaram a 24% da renda no Brasil, criando uma bolha de crédito. Comparativamente, a economia norte-americana entrou em crise com 14% de dívidas. “A realidade é que países como a China e a Índia são mais bem-sucedidos na condução rápidas taxas de crescimento, mantendo altas taxas de poupança”, afirma o texto, criticando o excesso do uso do crédito e o constante endividamento.

Comparando com outros países do Bric, o jornal afirma que o crédito da Rússia corresponde ao dobro do PIB nominal nos últimos cinco anos, a China cresceu 1,2 e a Índia chegou em 1,6.

O Financial Times recomenda que o país “equilibre as proporções de poupanças e investimentos”. O artigo também relembra os problemas do país com dívida externa e alta inflação. A atual situação compromete o crescimento econômico.