BOVESPA-Índice tenta reação contida no último pregão do mês

SÃO PAULO, 30 de novembro (Reuters) – A bolsa de valores
brasileira ensaiava recuperação na tarde desta terça-feira após
recentes quedas, mas sem no entanto despontar para uma mudança
definitiva de tendência.

Às 15h39, o Ibovespa exibia valorização de 0,45 por
cento, para 68.214 pontos. Na mínima do dia, o índice chegou a
cair quase 1 por cento. O giro financeiro era de 4,03 bilhões
de reais.

“É um esboço de correção, não significa ainda um novo rumo
dos mercados”, afirmou um operador de uma corretora que
preferiu não se identificar.

A melhora no desempenho da ação preferencial da Petrobras e
de papéis do setor elétrico se uniam ao tom positivo de
construtoras e incorporadoras na bolsa.

As preferenciais da Petrobras subiam 0,85 por
cento, para 24,91 reais. A maior alta do Ibovespa era vista
pela ação da Rossi Residencial , que ganhava 5,39 por
cento, a 15,05 reais.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa; Edição de Cesar Bianconi)