Bovespa faz meia-volta na abertura e sobe

A recuperação interna acompanha os sinais positivos dos mercados acionários em Nova York e na zona do euro

São Paulo – A Bovespa abriu a quarta-feira, 11, com leve alta, após acumular perdas de 5,86% nas cinco sessões anteriores.

A recuperação interna acompanha os sinais positivos dos mercados acionários em Nova York e na zona do euro.

Porém, a continuidade dos ganhos depende dos desdobramentos da política interna e também do fluxo de capital externo, que nos últimos dias tem sido negativo com migração de estrangeiros para a renda fixa, em busca de maior rentabilidade na esteira do ciclo atual de elevação da taxa Selic.

O noticiário envolvendo a Petrobras também continua no foco dos agentes financeiros. O destaque sobre a estatal petrolífera refere-se à provável nomeação do presidente da Vale, Murilo Ferreira, como presidente do Conselho de Administração da Petrobras, no lugar do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega.

Às 10h30, o Ibovespa subia 0,41%, aos 48.490,54 pontos.

A abertura foi aos 48.308,69 pontos (+0,03%) – na mínima, enquanto a máxima até agora ficou em 48.594,21 pontos (+0,62%).

Às 10h31, Petrobras PN estava em alta de 1,17% e a ON, +0,96%. Vale ON estava estável, e a ação PNA subia 0,18% no mesmo horário.

Em Nova York, pouco depois das 10h30, o Dow Jones subia 0,18%; o S&P500 avançava 0,15; e o Nasdaq ganhava 0,10%.

A agenda norte-americana prevê o relatório oficial sobre os estoques semanais de petróleo bruto e derivados nos EUA (11h30) e também a segunda rodada sobre os testes de estresses nos bancos do país.

Na Europa, às 10h30, a Bolsa de Frankfurt ganhava 1,69%; Paris subia 1,74%; e Londres, +0,11%, prejudicada pela queda da produção industrial no reino Unido, de 0,1% em janeiro ante dezembro, ante previsão de alta de 0,2%.

No Brasil, a expectativa é de que Petrobras anuncie ainda neste mês a substituição de Ferreira, da Vale, no lugar que Mantega ocupava no Conselho de Administração da companhia.

Conforme apurou o Broadcast, a intenção do governo é de substituir todos os seus atuais representantes no conselho, hoje com um perfil mais político, por nomes reconhecidos pelo mercado financeiro.

Reportagem publicada no jornal Folha de S.Paulo nesta quarta-feira, 11, afirma que a Petrobras armou uma força-tarefa para calcular o prejuízo com propinas a ex-funcionários e políticos e conseguir publicar os demonstrativos financeiros até 31 de maio. Se o prazo não for cumprido, credores poderão exigir a imediata quitação de dívidas.

Já para a Vale, a chegada de Ferreira no Conselho de Administração da Petrobras tende a ser indiferente. Com isso, as ações da mineradora devem reagir mais aos dados de atividade abaixo do esperado na China, que renovaram expectativas por mais estímulos.

No exterior, os papéis das empresas do setor de mineração recuam, na esteira da queda de 1,4% no preço do minério de ferro no mercado à vista chinês para o menor valor desde o fim do sistema benchmark (contratos anuais), ao final de 2008.

A produção industrial da China frustrou a previsão de alta de 7,6% e cresceu 6,8% nos dois primeiros meses deste ano, ante igual período do ano passado. Já as vendas no varejo chinês avançaram 10,7% no mesmo período, abaixo da projeção de expansão de 11,5%. Os dados divulgados pelo governo referem-se ao acumulado de janeiro e de fevereiro a fim de reduzir as distorções provocadas pelo feriado do Ano Novo Lunar, que ocorre no início de cada ano, geralmente em janeiro ou em fevereiro e dura aproximadamente duas semanas.

A China também informou que as vendas de moradias no país recuaram 16,7%, na mesma base de comparação, enquanto os investimentos em ativos fixos urbanos cresceram 13,9%, no mesmo intervalo.

A reunião de política monetária do Federal Reserve, na semana que vem, também limita a alta nas bolsas. As apostas para o encontro são de que o Banco Central dos Estados Unidos abandone a “promessa” de ser “paciente”, antes de começar a subir as taxas dos Fed Funds, possivelmente a partir de junho.