BOVESPA-Commodities e consumo sustentam índice acima de 70 mil

(Texto atualizado com dados oficiais de fechamento e
comentários de mercado)

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 1o de outubro (Reuters) – O Ibovespa alcançou
nesta sexta-feira o patamar de 70 mil pontos pela primeira vez
em cinco meses e meio, com destaque para ações ligadas a
commodities e ao consumo interno.

O principal índice de ações brasileiras teve alta
de 1,15 por cento, a 70.229 pontos –o maior fechamento desde
15 de abril. O giro do pregão foi de 7,56 bilhões de reais.

A maior contribuição individual para o índice coube à Vale
, com alta de 0,97 por cento das ações preferenciais,
a 46,75 reais, no décimo dia de valorização. No período, a ação
subiu 11,8 por cento.

A divulgação de dados robustos sobre a atividade
manufatureira da China aumentou o otimismo sobre os preços do
minério de ferro [ID:nN01177835].

“Foi o segundo mês consecutivo de alta acima do esperado.
Consequentemente, isso tem impacto nas commodities”, disse
Pedro Galdi, analista da corretora SLW.

Além disso, a mineradora tem sido beneficiada pelos planos
de recompra de até 2 bilhões de dólares em ações, anunciados na
semana passada, e pelo pagamento iminente de dividendos.

Outras ações ligadas a commodities também subiram: a
mineradora MMX avançou 1,09 por cento, a 12,97
reais, e a Petrobras PN teve alta de 0,77 por cento,
a 27,50 reais.

Em termos percentuais, o destaque ficou para ações ligadas
ao consumo interno. O papel que mais subiu dentro do índice foi
a Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) , com
avanço de 5,57 por cento, a 46,08 reais.

A companhia aérea Gol subiu 4,59 por cento, a
27,14 reais, e a construtora MRV teve alta de 4,3
por cento, a 16,75 reais.

Outra construtora, a Gafisa , teve valorização de
3,45 por cento, a 13,50 reais. Investidores disputaram 13,2
milhões de ações da empresa colocadas à venda no início do
pregão, ou 3,05 por cento do capital ordinário.

OUTROS DESTAQUES

O setor bancário também teve desempenho positivo, com alta
de 2,63 por cento do Santander , a 23,40 reais, de
1,84 por cento do Banco do Brasil , a 32,72 reais, e
de 1,15 por cento do Bradesco , aos 34,31 reais.

“Entre as blue chips, as do setor financeiro são as que nos
oferecem mais conforto no momento. A combinação positiva de uma
economia doméstica aquecida por um forte mercado de trabalho,
crescimento da renda e do crédito, e tendência de declínio na
inadimplência cria um bom momentum para o setor”, escreveram
analistas do Itaú Unibanco, em relatório recomendando
investimento no Bradesco.

No lado negativo, as ações preferenciais da Oi
tiveram a maior queda do Ibovespa, de 1,49 por cento, a 23,84
reais. Analistas apontam que a empresa ainda deve sofrer com
pendências como a permuta de ações com acionistas da Brasil
Telecom [ID:nN01139249].

Fora do índice, as ações da Estácio Participações
, um dos maiores grupos educacionais do país,
dispararam 12,16 por cento, a 21,77 reais. A empresa movimentou
685,6 milhões de reais em oferta primária e secundária de
ações, com preço de 19 reais por papel [ID:nN30110694].

(Edição de Daniela Machado)