BOVESPA-Apatia em NY após dados contamina índice

SÃO PAULO, 1o de outubro (Reuters) – O principal índice das
ações brasileiras operava perto da estabilidade nesta
sexta-feira, em linha com a fraqueza das bolsas dos EUA após
hesitar em romper a barreira de 70 mil pontos na abertura.

Às 11h57, o Ibovespa subia 0,1 por cento, a 69.499
pontos. O giro financeiro do pregão era de 2,5 bilhão de reais.
Na máxima, o índice alcançou 69.821 pontos.

A última vez em que o Ibovespa operou acima de 70 mil
pontos foi em 16 de abril.

“O fluxo estrangeiro, devagarinho, está vindo. Mas o
mercado deu uma acalmada porque o mercado americano também deu
uma acalmada. Ele estava em torno de 0,5, 0,6 (por cento) de
alta, e agora está no zero a zero”, disse o operador de um
banco de investimento, que preferiu não ser identificado.

Em Nova York, os índices Dow Jones e Standard &
Poor’s 500 exibiam vairação positiva de 0,16 e 0,11 por
cento, respectivamente, após a desaceleração do setor
manufatureiro dos Estados Unidos em setembro [ID:nN01238988].

O dado mais novo referente à participação dos estrangeiros
na Bovespa mostram um investimento líquido de 2,7 bilhões de
reais em setembro, até o dia 29. O número anterior, até o dia
28, revelava compras de cerca de 1,5 bilhão de reais.

Apesar da fraqueza no mercado internacional, as ações
preferenciais da Petrobras , com o maior volume do
pregão, exibiam alta de 0,51 por cento, a 27,43 reais.

O segundo maior giro cabia à construtora Gafisa ,
com alta de 1,23 por cento, a 13,21 reais. Um acionista vendeu
3,05 por cento da participação em ações ordinárias da empresa
nesta sexta-feira, ou 13,2 milhões de papéis.

A mineradora MMX , que viu o UBS reduzir a
recomendação para “neutro”, subia 0,39 por cento, a 12,88
reais.

Fora do índice, as ações da Estácio Participações
, um dos maiores grupos educacionais do país,
disparavam 8,5 por cento nesta sexta-feira, a 21,06 reais. A
empresa, que não integra o Ibovespa, movimentou 685,6 milhões
de reais em oferta primária e secundária de ações, com preço a
19 reais por papel divulgado na quinta-feira [ID:nN30110694].

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Vanessa Stelzer)