Bovespa abre em alta sob expectativa de decisão do Fed

A bolsa segue a indicação de ganho dada pelos índices futuros das bolsas de Nova York

São Paulo – Mesmo sob a cautela antes da decisão do Federal Reserve na tarde desta quarta-feira, 18, a Bolsa de São Paulo iniciou o dia em alta, seguindo a indicação de ganho dada pelos índices futuros das bolsas de Nova York. Petrobras, Vale, bancos e as elétricas exibem ganhos no início dos negócios.

Por volta das 10h25, o Ibovespa subia 0,65%, aos 50.416 pontos. As ações PN da Petrobras subiam 0,71%, Vale PNA ganhava 0,60%. Eletropaulo estava entre as maiores alta, com valorização de 3,22% na PN. O índice de empresas do setor elétrico também marcava ganho, mesmo após decisão da Aneel de suspender para 2015 o sistema de bandeiras tarifárias para o reajuste mensal das contas de luz.

Destaque ainda para as ações PNA da Braskem, entre as maiores altas do índice, após a empresa ter anunciado ontem a compra da concorrente Solvay Indupa, segunda maior fabricante de PVC do Brasil. Há pouco, o papel subia 2,50%.

A decisão do Federal Reserve dita o ritmo nos principais mercados globais. Sob a expectativa de que o banco central dos Estados Unidos não anunciará hoje mudanças no seu programa de estímulos monetários, os futuros em Nova York marcam ligeira alta – depois da queda ontem no pregão regular. Às 10h38, o S&P 500 futuro subia 0,20%. Bolsas na Europa sobem com o índice de sentimento das empresas da Alemanha em alta para 109,5 em dezembro, de 109,3 em novembro.

A moeda norte-americana exibe ganhos ante o euro, o iene e divisas commodities. Além disso, o yield dos Treasuries avança ligeiramente.