Bolsas na Europa recuam com queda nos preços do petróleo

Índice FTSEurofirst 300 caiu 0,35 por cento, a 1.522 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,3 por cento, a 388 pontos.

Londres – Os mercados acionários europeus recuaram nesta quarta-feira, pressionados pelo setor de energia dada a queda dos preços do petróleo e com os bancos caindo depois que dados fracos dos Estados Unidos levantaram questões sobre os aumentos futuros dos juros na maior economia do mundo.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,35 por cento, a 1.522 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,3 por cento, a 388 pontos.

Apesar seja praticamente certo que o Federal Reserve, banco central dos EUA, vai elevar os juros nesta quarta-feira, as vendas no varejo e os números da inflação decepcionantes levantaram dúvidas sobre a velocidade do aperto da política monetária.

Os bancos, cujos empréstimos recebem um impulso nas margens quando os juros sobem, recuaram 1,56 por cento, pressionando o STOXX.

O setor de petróleo caiu 1,6 por cento, para as mínimas de seis meses, à medida que os preços do petróleo caíram para o menor nível em cinco semanas após dados mostrarem uma alta semanal inesperada nos estoques de gasolina dos EUA.

Mais cedo, as ações tinham sido sustentadas por dados que mostraram que a produção industrial da zona do euro cresceu em abril e que o emprego avançou no primeiro trimestre do ano, alcançando máxima recorde.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,35 por cento, a 7.474 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,32 por cento, a 12.805 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,35 por cento, a 5.243 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,61 por cento, a 20.960 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,98 por cento, a 10.775 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,23 por cento, a 5.315 pontos.