Bolsas europeias têm maior alta semanal desde final de 2008

Índice que mede as ações do continente teve alta de 8,4% na semana; analista pede calma ao mercado

Londres – O principal índice das ações europeias fechou em alta nesta sexta-feira, registrando o maior ganho semanal desde o final de 2008, por esperanças de que líderes da zona do euro estejam se unindo para encontrar uma solução para a crise de dívida do bloco.

O FTSEurofirst 300, que reúne as blue chips da região, subiu 0,9 por cento, a 984 pontos, segundo dados preliminares.

No acumulado da semana, o índice disparou 8,4 por cento, após desabar cerca de 21 por cento desde julho.

O índice STOXX Europe 600 para bancos subiu 4,2 por cento, depois que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse que ele e a chanceler alemã, Angela Merkel, vão se reunir na segunda-feira para esboçar propostas conjuntas a serem apresentadas numa reunião da União Europeia (UE) em 9 de dezembro, vista como crucial para a moeda única de 12 anos.

Os concessores de empréstimo da zona do euro -que detêm a maior parte da dívida soberana do bloco e tem sido golpeados pelo mercado nos últimos dias- avançaram até 5,1 por cento. O alemão Commerzbank e o francês BNP Paribas dispararam cerca de 10 por cento.

“Estamos a muitas milhas de uma resolução dessa situação na Europa, então temos que ser muito cautelosos com esse tipo de movimento”, afirmou o vice-presidente de investimento da Cazenove Capital, Richard Jeffrey.

“O que você pode dizer é que o movimento que você viu nesta semana indica um forte nível de suporte às ações (e) dos níveis de preços, o que certamente é justificado”, acrescentou Jeffrey, que ajuda a gerenciar cerca de 15 bilhões de libras.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,15 por cento, a 5.552 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,74 por cento, para 6.080 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,12 por cento, a 3.164 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,52 por cento, para 15.476 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 1,63 por cento, a 8.558 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 1,53 por cento, para 5.581 pontos.