Bolsas europeias têm alta após sessão volátil para bancos

Índice FTSEurofirst 300 subiu 0,16 por cento, a 1.500 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,18 por cento, a 381 pontos

Londres – Os mercados acionários europeus fecharam com leve alta nesta quinta-feira, com os bancos tendo uma sessão volátil depois que declarações “dovish” do presidente do BCE, Mario Draghi, desencadearam conversas sobre as perspectivas de política monetária na região.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,16 por cento, a 1.500 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,18 por cento, a 381 pontos.

Os bancos foram inicialmente afetados após Draghi jogar água fria sobre as expectativas de medidas de aperto monetário em observações que sugerem que o Banco Central Europeu não mudará sua mensagem de política monetária neste mês.

Mas o setor, que tem se movido de lado nas últimas semanas, recuperou-se à medida com os investidores mudando o foco para as perspectivas de longo prazo para as taxas de juros no bloco de moeda única.

“Todo mundo sabe para onde a política monetária está indo na zona do euro: vai ficar mais apertada”, disse o analista do Grupo AFS Arne Petimezas.

O índice bancário da zona do euro chegou a cair 1,4 por cento, mas encerrou a sessão com alta de 0,83 por cento.

O índice bancário europeu mais amplo teve alta de 0,3 por cento, uma vez que pesaram as perdas entre os bancos do Reino Unido.

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,39 por cento, a 7.303 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,11 por cento, a 12.230 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,58 por cento, a 5.121 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,22 por cento, a 20.296 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,12 por cento, a 10.518 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,39 por cento, a 4.999 pontos.