Bolsas de NY sobem durante depoimento de Janet Yellen

Os únicos indicadores divulgados foram o índice de otimismo das pequenas empresas e o de estoques no atacado

Nova York – As Bolsas dos EUA estão em alta, em meio ao primeiro depoimento da nova presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, ao Congresso dos EUA. Ela está falando sobre as condições da economia e a política monetária do Fed em audiência do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara.

“Os mercados querem a segurança de que a política do Fed não terá uma mudança drástica. E os mercados obtiveram o que queriam depois de Yellen dizer que teremos mais do mesmo por parte do Fed”, disse o estrategista Chris Gaffney, da EverBank Wealth Management.

Yellen disse esperar continuidade na abordagem do Fed para a política monetária e que a recente volatilidade nos mercados globais não deverá levar a instituição a mudar sua política, já que ela não acredita que essa movimentação dos mercados possa trazer riscos substanciais para a economia norte-americana.

Os únicos indicadores divulgados foram o índice de otimismo das pequenas empresas, da Federação Nacional de Empresas Independentes (NFIB), que subiu a 94,1 em janeiro, de 93,9 em dezembro, e o de estoques no atacado, que cresceram 0,3% em dezembro, quando a previsão era de +0,5%.

Entre as ações de empresas que divulgaram resultados, os destaques são Sprint (+2,7% há pouco), CVS Caremark (+2,5%) e ConAgra Foods (-6,2%). Os ADRs do Barclays caíam 3,9%, depois de o banco anunciar que fará 12 mil demissões.

Às 14h15 (pelo horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 90 pontos (0,57%), para 15.892 pontos; o Nasdaq avançava 12 pontos (0,29%), para 4.160 pontos; o S&P-500 ganhava 7 pontos (0,42%), para 1.807 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.