Bolsas de NY recuam com venda de ações de tecnologia

Com a agenda vazia de indicadores econômicos, os investidores aguardam o início da temporada de balanços, que será aberta amanhã pela Alcoa

São Paulo – As bolsas de Nova York fecharam em baixa nesta segunda-feira, 07, antes do início da temporada de balanços, com muitas das ações de tecnologia que avançaram na semana passada estendendo as quedas recentes.

O índice Dow Jones caiu 166,84 pontos (1,02%), fechando aos 16.245,87 pontos, após ter sofrido a maior queda em pontos desde 13 de março.

Já o S&P 500 perdeu 20,05 pontos (1,08%) e encerrou a sessão aos 1.845,04 pontos. E o Nasdaq recuou 47,98 pontos (1,16%), fechando aos 4.079,75 pontos, menor nível desde 6 de fevereiro. O índice acumula queda de 4,6% nas últimas três sessões.

O volume de negociação aumentou hoje, com mais de 3,7 bilhões de ações sendo negociadas. Ações de nomes da tecnologia como Tesla (-2,2%) e Amazon (-1,6%) foram destaques negativos, mas Facebook (+0,4%) e Netflix (+0,2%) conseguiram encerrar a sessão com ganhos.

Além disso, com a agenda vazia de indicadores econômicos, os investidores aguardam o início da temporada de balanços, que será aberta amanhã pela Alcoa.

“A onda de vendas de ações muito valorizadas na sexta-feira contagiou o resto do mercado pela primeira vez e isso é preocupante”, disse Channing Smith, diretor da Capital Advisors.

“Com a economia ainda se recuperando e a previsão de leve melhora nos balanços, existem dúvidas sobre os valores atuais, especialmente os de companhias que subiram muito no Nasdaq.”

Na Europa, as bolsas foram contagiadas pela onda de vendas em Wall Street e fecharam em queda. A Bolsa de Londres caiu 1,09%, Frankfurt perdeu 1,91% e Paris recuou 1,08%. Com informações da Dow Jones Newswires.