Bolsas da Europa perdem força após fala de Draghi

Apesar de ter elevado a projeção de crescimento da zona do euro este ano, a instituição cortou a estimativa de expansão em 2014

São Paulo – As bolsas da Europa perderam força após a coletiva de imprensa do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi. Apesar de ter elevado a projeção de crescimento da zona do euro este ano, a instituição cortou a estimativa de expansão em 2014 e Draghi citou riscos de baixa para as projeções, incluindo o conflito da Síria, que antes não estava no radar.

O banco central também comentou que foi discutido um novo corte na taxa básica de juros, mas ponderou que esses debates são rotineiros.

Por volta das 10h35, a Bolsa de Frankfurt subia 0,18%, para 8.210,64 pontos, abaixo da máxima da sessão, de 8.257,73 pontos. Paris ganhava 0,32% e Londres avançava 0,59%, depois de terem operado brevemente em território negativo.

O euro, por sua vez, reagiu mais fortemente, caindo para as mínimas da sessão quando Draghi citou a possibilidade de um novo corte nos juros. Depois de ter tocado a mínima de US$ 1,3129, no horário citado acima a moeda era negociada a US$ 1,3169, de US$ 1,3206 no fim da tarde de quarta-feira, 4.