Bolsas da China recuam após premiê falar sobre crescimento

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,77 por cento

Xangai / Tóquio – Os principais índices acionários da China caíram nesta quarta-feira, com as declarações do primeiro-ministro, Li Keqiang, levantando preocupações sobre desaceleração econômica e aperto regulatório.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,77 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,54 por cento.

A maioria dos setores teve queda, liderados peloimobiliário e pelas ações de consumo,que haviam tido recentemente as maiores altas.

A China é capaz de atingir sua meta de crescimento para o ano e controlar os riscos sistêmicos apesar dos desafios, disse Li na terça-feira, acrescentando que a manutenção do crescimento no longo prazo com velocidade média a alta não será fácil.

Li disse que Pequim tem tomado medidas para identificar e resolver os riscos financeiros, indicando que regulações financeiras e condições de liquidez apertadas podem continuar conforme Pequim avança nos esforços de desalavancagem.

O restante das bolsas da região também apresentou perdas, depois que Wall Street foi pressionado pelo adiamento da votação do projeto de reforma da saúde nos Estados Unidos.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,54 por cento às 7:40 (horário de Brasília), afastando-se da máxima demais de dois anos atingida nesta semana. Na segunda-feira, o índice regional atingiu seu nível mais alto desde maio de 2015.

. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,47 por cento, a 20.130 pontos.

. Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 0,61 por cento, a 25.683 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,54 por cento, a 3.173 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,77 por cento, a 3.646 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,39 por cento, a 2.382 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 1,16 por cento, a 10.390 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,12 por cento, a 3.215 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,73 por cento, a 5.755 pontos.