Bolsas da China fecham estáveis mesmo com rebaixamento da Moody’s

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve variação negativa de 0,01 por cento

Xangai / Tóquio – Os principais índices acionários da China se recuperaram das perdas registradas mais cedo e fecharam praticamente estáveis nesta quarta-feira, uma vez que os fortes ganhos das empresas de menor porte compensaram parcialmente o rebaixamento pela Moody’s do rating da China.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve variação negativa de 0,01 por cento, enquanto o índice de Xangai ganhou 0,06 por cento.

A Moody’s Investors Service rebaixou a nota de crédito da China nesta quarta-feira pela primeira vez em quase 30 anos, dizendo esperar que a força financeira da economia vai se desgastar nos próximos anos conforme o crescimento desacelera e a dívida continua a aumentar.

Os índices acionários chegaram a cair mais de 1 por cento pouco depois de o mercado abrir, mas conseguiram recuperar a maior parte das perdas.

As empresas de menor porte tiveram forte alta, com o índice de start-ups ChiNext subindo 1 por cento.

O rebaixamento teve “um impacto psicologicamente negativo sobre o mercado”, disse Tian Weidong, estrategista do Kaiyuan Securities, acrescentando que a campanha de Pequim para limpar o sistema financeiro já estava elevando os juros do mercado e semeando pânico entre os investidores de varejo.

Já o índice MSCI apresentava pouca variação uma vez que o rebaixamento da China ampliou as preocupações sobre o impacto global da desaceleração do crescimento e o aumento da dívida na potência asiática.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, ganhava 0,02 por cento às 7:25 (horário de Brasília).

. Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,66 por cento, a 19.742 pontos.

. Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,10 por cento, a 25.428 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,06 por cento, a 3.063 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,01 por cento, a 3.423 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 0,24 por cento, a 2.317 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,37 por cento, a 1.044 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,27 por cento, a 3.231 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,15 por cento, a 5.768 pontos.