Bolsas da Ásia têm baixa com incertezas na Grécia

Não houve acordo entre os ideres partidários para a constituição de um governo de coalizão grego

Tóquio – As Bolsas da Ásia encerraram em baixa, com renovadas preocupações sobre a zona do euro após definharem as conversações entre lideres partidários para a constituição de um governo de coalizão na Grécia. Também pesou a ascensão dos socialistas na presidência da França, que se opõem às medidas de austeridade na zona do euro conduzidas pela Alemanha.

A Bolsa de Hong fechou em baixa pela quinta sessão consecutiva. O índice Hang Seng recuou 0,8% e terminou aos 20.330,64 pontos.

As Bolsas da China fecharam em queda acentuada. Os investidores mostraram cautela, à véspera da divulgação de dados sobre o comércio internacional chinês e após os mercados europeus desabarem em meio a preocupações sobre a estabilidade política na Grécia. O índice Xangai Composto caiu 1,7% e terminou aos 2.408,59 pontos. O índice Shenzhen Composto também perdeu 1,7% e finalizou aos 963,18 pontos.

O iuane recuou ante o dólar depois de o banco central conduzir a moeda chinesa a baixa por meio da taxa de referência diária. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3097 iuanes, de 6,3080 iuanes ontem. A taxa de paridade central dólar-iuane foi fixada em 6,2865, de 6,2804 na véspera.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em queda. O índice Taiwan Weighted caiu 0,93% e terminou aos 7.475,71 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, também fechou no vermelho. O índice Kospi retrocedeu 0,85% e encerrou aos 1.950,29 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou na maior baixa em quatro semanas. O índice S&P/ASX 200 recuou 0,91% e encerrou aos 4.275,08 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em queda, com o apetite pelo risco minado pelas incertezas políticas na Europa. O índice PSE caiu 0,52% e terminou aos 5.214,79 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve queda acentuada e encerrou na maior baixa em três meses. O índice Straits Times recuou 1,1% e terminou aos 2.900,91 pontos, menor patamar desde 30 de janeiro.


O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve baixa de 1,2% e fechou aos 4.129,06 pontos, com fortes vendas de investidores estrangeiros; compras de investidores locais deram algum suporte, contudo.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, recuou 1,9% e fechou aos 1.207,25 pontos. O declínio foi puxado por baixas em papéis de energia, petroquímica e bancos.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, perdeu 0,4% e terminou aos 1.584,90, na esteira dos demais mercados regionais. As informações são da Dow Jones.