Bolsas da Ásia sobem por apostas em mais estímulos

A produção industrial chinesa subiu 5,9 por cento em abril ante o ano passado, abaixo do esperado

Tóquio – A maioria dos índices acionários asiáticos fechou em alta nesta quarta-feira, apesar de uma nova rodada de indicadores econômicos decepcionantes da China, com investidores se concentrando, em vez disso, em esperanças de que Pequim adote novos estímulos para evitar uma desaceleração mais forte na segunda maior economia do mundo.

Às 7h38 (horário de Brasília), o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, avançava 0,50 por cento.

A produção industrial chinesa subiu 5,9 por cento em abril ante o ano passado, abaixo do esperado, dando força a apostas em que o governo terá de intensificar seus esforços para estimular a economia enfraquecida mirando atingir sua meta de Produto Interno Bruto (PIB).

O investimento em capital fixo e as vendas no varejo também ficaram abaixo das expectativas.

“Espere que as autoridades aumentem ou mantenham o ritmo de afrouxamento ao longo do ano para que a meta de (crescimento do) PIB de 7 por cento seja alcançada”, disse o economista Chester Liaw, da Forecast Pte.