Bolsas da Ásia sobem após dados dos EUA

Cingapura – As bolsas de valores asiáticas fecharam em forte alta nesta sexta-feira, com sinais de melhora na economia dos Estados Unidos encorajando uma recuperação de fim de ano para os ativos de maior risco.

O euro teve leve ganho no pregão asiático, mas continuou contido em meio a dúvidas sobre se a oferta de liquidez realizada nesta semana pelo Banco Central Europeu (BCE) será eficaz o bastante para aliviar as dificuldades financeiras das economias altamente endividadas da zona do euro.

“O destaque é a continuidade de bons dados na economia dos EUA. A China também parece ter orquestrado uma desaceleração apenas leve”, disse o analista de mercado da OptionsXpress Ben Le Brun, em Sydney. “A criança-problema ainda é a Europa.” O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,3 por cento. Os mercados de Tóquio estavam fechados por causa de um feriado.

Os mercados da Ásia, tanto os desenvolvidos quanto os emergentes, tiveram um desempenho bem abaixo das ações dos EUA em 2011. O índice MSCI da Ásia menos o Japão caiu 17 por cento e o japonês Nikkei perdeu cerca de 18 por cento neste ano, enquanto o índice da Austrália declinou cerca de 13 por cento.

Estrategistas de ações do Citigroup disseram em comunicado que a Ásia viu a maior saída de capital dos últimos 20 anos em dezembro, com investidores continuando a tirar dinheiro de fundos de ações globais.

O índice de Seul encerrou em alta de 1,07 por cento. O mercado ganhou 1,37 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan avançou 2,07 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai subiu 0,85 por cento. Cingapura avançou 0,44 por cento e Sydney fechou com valorização de 1,21 por cento.