Bolsas da Ásia iniciam semana em queda

Mercado especula uma nova intervenção do BC japonês para enfraquecer o iene

São Paulo – As principais bolsas asiáticas iniciaram a semana em baixa após mais um dia de tensões nos mercados financeiros na sexta-feira. Há instantes, o índice Nikkei, o principal da bolsa de Tóquio, caía 0,3%, para 8.694 pontos. Na Coreia do Sul, o Kospi 100 recuava 1,45%. Na Austrália, o índice ASX retrocedia 0,25%.

Segundo a CNBC, o Banco Central do Japão irá considerar medidas para afrouxar ainda mais a política monetária no país, possivelmente com um encontro antes do oficial agendado para o próximo mês. O BC do país (BoJ) irá monitoras de perto os efeitos do fortalecimento do iene nas ações das empresas exportadoras e a consequente queda no sentimento dos empresários, disseram fontes para a agência.

Jackson Hole

Nesta semana, o mercado está de olho no discurso que o presidente do Banco Central americano (Federal Reserve), Ben Bernanke, irá realizar na sexta-feira em um esperado evento anual em Jackson Hole, Wyoming, promovido pelo Fed de Kansas City. O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, também estará presente.

“Para se ter uma ideia da importância do encontro, foi neste mesmo evento no ano passado que o presidente do Fed sinalizou que não esperava mais ajudas fiscais do governo americano e que a economia mundial poderia passar por dificuldades”, analisa o economista-chefe do banco Fator, José Francisco de Lima Gonçalves, em relatório.