Bolsas da Ásia fecham sem sinal definido; Xangai cai 0,6%

Tóquio – As Bolsas da Ásia apresentaram números distintos. Fatores locais tiveram pesos diferentes na China e na Coreia do Sul. Descolados da ligeira alta em Wall Street, a maioria dos mercados fechou próximo da estabilidade, com os investidores andando de lado à espera do encontro de cúpula da União Europeia no domingo, que pode propor soluções para a crise da dívida europeia.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong. O índice Hang Seng ganhou apenas 42,62 pontos, ou 0,2%, e fechou aos 18.025,72 pontos – na semana, contudo, o índice acumulou queda de 2,6%.

Na China, os mercados fecharam novamente no menor nível em 31 meses por causa das preocupações sobre a economia doméstica. O índice Xangai Composto baixou 0,6% e encerrou aos 2.317,27 pontos, o pior fechamento desde 25 de março de 2009 – na semana, o índice acumulou queda de 4,7%. O índice Shenzhen Composto caiu 1,6% e terminou aos 959,12 pontos.

O iuane teve ligeira alta ante o dólar, após o banco central valorizar a moeda via taxa de referência diária na esteira da queda da divisa americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3840 iuanes, de 6,3855 iuanes ontem.

Em sessão instável, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou em ligeira alta – os investidores estiveram cautelosos à espera de notícias sobre a crise europeia. O índice Taiwan Weighted subiu 0,14% e terminou aos 7.254,51 pontos.

Na Bolsa de Seul, as ações das principais empresas de construção civil da Coreia do Sul tiveram forte alta ante a expectativa de novas encomendas para a reconstrução na Líbia e a retomada dos projetos existentes, em seguida à morte do ex-líder Muamar Kadafi. O índice Kospi ganhou 1,84% e terminou aos 1.838,38 pontos.

Já na Austrália, a Bolsa de Sydney apresentou estabilidade, também à espera do encontro de cúpula da UE. O índice S&P/ASX 200 caiu apenas três pontos e encerrou aos 4.141,9 pontos, em baixo volume de negociações.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, também mostrou poucas mudanças. O índice PSEi perdeu 0,10% e fechou aos 4.166,60 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em alta, segundo forte fechamento em Wall Street devido a inesperados dados positivos de atividades de negócios dos EUA. O índice Straits Times subiu 0,7% e fechou aos 2.712,41 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve ligeira baixa de 0,1% e fechou aos 3.620,66 pontos, com vendas, por estrangeiros, de papéis relacionados a produtos de consumo e de mineração.

O índice Set da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,8% e fechou aos 916,34 pontos, com baixo volume de negócios em função do longo fim de semana, com feriado na segunda-feira.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,2% e fechou aos 1.438,83 pontos, com realização de lucros. As informações são da Dow Jones