Bolsas da Ásia fecham em queda com salto de bônus

Um salto nos rendimentos de títulos de dívida dos Estados Unidos e da Alemanha reduziu o apetite por ativos com mais risco

Tóquio – Um salto nos rendimentos de títulos de dívida dos Estados Unidos e da Alemanha reduziu o apetite por ativos com mais risco e manteve os mercados acionários asiáticos contidos nesta quarta-feira.

Às 7h44 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,15 por cento.

O índice japonês Nikkei  teve queda de 0,3 por cento, e as ações australianas perderam 0,9 por cento.

Já os mercados em Singapura e Hong Kong fecharam em alta.

O rendimento dos Treasuries dos EUA saltaram para máximas de duas semanas depois que o yield dos títulos alemães dispararam impulsionados por dados mais fortes que o esperado sobre a inflação na zona do euro.

Os preços ao consumidor subiram 0,3 por cento na comparação anual em maio, superando projeções de uma alta de 0,2 por cento.

Rendimentos mais altos em bônus tendem a impactar a atração de investimentos em ações em relação a bônus, como visto no mês passado durante a venda generalizada nos mercados de dívida.