Bolsas da Ásia encerram com sinais mistos; Hong Kong sobe 0,9%

Tóquio – Os mercados asiáticos fecharam a semana sem sinal definido. Nesta sexta-feira, algumas bolsas da região seguiram o embalo altista de Wall Street, enquanto outras realizaram lucros.

A Bolsa de Hong Kong seguiu o embalo dos mercados chineses, aproveitando-se da redução dos temores sobre a adoção de medidas adicionais de aperto monetário por parte de Pequim. O índice Hang Seng subiu 202,51 pontos, ou 0,9%, e terminou aos 23.276,27 – na semana, o índice acumulou alta de 0,5%.

As Bolsas da China também tiveram alta, lideradas pelos bancos pesos pesados, que aumentaram suas taxas de reservas bancárias. Este movimento elevou as expectativas de que as instituições irão melhorar suas margens de lucros. O índice Xangai Composto subiu 1% e fechou aos 2.871,03 pontos – na semana, o índice acumulou alta de 0,2%, após declínio de 6% nas três semanas anteriores. O índice Shenzhen Composto ganhou 0,5% e terminou aos 1.201,37 pontos.

O iuane se valorizou em relação ao dólar, após a retração da moeda norte-americana nos mercados internacionais e as expectativas de Pequim possa usar o câmbio para combater a inflação. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,4977 iuanes, de 6,5000 iuanes do fechamento de quinta-feira. A taxa de paridade central dólar-iuane foi fixada em 6,5017 iuanes, de 6,5005 iuanes ontem.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé encerrou o dia em baixa, com as ações do setor de tecnologia liderando as perdas em meio a preocupações com o processo de recuperação do Japão após o terremoto e a posterior crise nuclear. O Índice Taiwan Weighted recuou 0,30% e fechou aos 9.006,61 pontos.

O índice Kospi da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, teve queda de 0,1% e encerrou aos 2.120,08 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney se recuperou de uma mínima de sete semanas para fechar em leve alta. O índice S&P/ASX 200 avançou 0,3% e terminou aos 4.711,4 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em baixa provocada pela realização de lucros, principalmente em blue chips. O Índice PSE caiu 0,46% e encerrou aos 4.292,11 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em alta, seguindo os sinais positivos de Wall Street, uma vez que os investidores enxergaram valor em blue chips após onda de vendas nas sessões anteriores. O índice Straits Times ganhou 1,1% e fechou aos 3.163,68 pontos, acumulando alta de 2,1% na semana. Fortes desempenhos nos mercados europeus também influíram no resultado nas negociações da tarde.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, avançou 0,6% e fechou aos 3.832,02 pontos, liderado por compras de papeis de bancos e de empresas relacionadas a produtos de consumo depois de o banco central manter inalterada em 6,75% a taxa de juros.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, recuou 0,1% e fechou aos 1.084,96 pontos, após não conseguir sustentar-se acima dos 1.100 pontos. Na semana, contudo, o índice teve ganho de 3,2%.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,6% e fechou aos 1.540,74 pontos, liderado por ações do setor financeiro. As informações são da Dow Jones