Bolsas da Ásia e do Pacífico fecham em alta

Em Hong Kong, a China Shenhua Energy e a PetroChina saltaram mais de 9%, levando o índice Hang Seng a encerrar o pregão em alta de 3,13%, a 22.515,76 pontos

São Paulo – As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta quarta-feira, impulsionadas por ações de energia, que avançaram em reação à forte valorização do petróleo ontem, e diante da perspectiva de que grandes bancos centrais mantenham ou ampliem suas políticas de estímulos monetários.

Nos negócios de ontem, as principais referências do petróleo tiveram ganhos que variaram de 4,9% a 5,4%.

Em Hong Kong, a China Shenhua Energy e a PetroChina saltaram mais de 9% cada, levando o índice Hang Seng a encerrar o pregão em alta de 3,13%, a 22.515,76 pontos, o maior patamar em mais de um mês.

Na Oceania, o mercado australiano também foi favorecido pelo setor petrolífero. O índice local de ações de energia subiu 6,7%, ampliando os ganhos no mês a 13%.

Os papéis da Santos, que tem sido mais castigada que outras petroleiras por causa de seu endividamento, dispararam 12%. Após um dia de volatilidade, o S&P/ASX 200, que reúne as empresas mais negociadas em Sydney, subiu 0,6%, a 5.197,90 pontos, a máxima da sessão.

Dois fatores têm contribuído para a recuperação das commodities, segundo o chefe de vendas de ações da Reorient Group, David Welch: expectativas de que o Federal Reserve (Fed) adiará o planejado aumento de suas taxas de juros, o que tem limitado a força do dólar, e a especulação de que a China deverá ampliar ainda mais os estímulos monetários e fiscais.

Também há esperanças de que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) volte a agir na reunião de política monetária do próximo dia 30. No encontro de dois dias desta semana, encerrado hoje, o BoJ preferiu manter os estímulos nos níveis atuais.

Em outras partes da Ásia, o setor de tecnologia contribuiu para o avanço de algumas bolsas. Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 1,2%, a 8.495,23 pontos, alcançando o maior nível em nove semanas, graças a grandes empresas de tecnologia.

Já em Seul, o sul-coreano Kospi teve ganho de 0,76%, a 2.005,84 pontos, influenciada pela Samsung Electronics, cuja ações subiram 8,7%, após a empresa estimar aumento anual de 80% no lucro do terceiro trimestre.

Na China continental, as bolsas de Xangai e Shenzhen vão reabrir amanhã, após permanecerem fechadas por uma semana devido a um feriado nacional.

Neste período, o índice Hang Seng China Enterprises, que acompanha empresas listadas em Hong Kong, acumulou ganhos de quase 11%.