Bolsas da Ásia caem após Yellen reaquecer debate sobre juros

Às 8h10 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,12 por cento

As ações asiáticas caíram em sua maioria nesta sexta-feira após a chair do Federal Reserve, Janet Yellen sugerir que o banco central norte-americano ainda está no caminho de elevar a taxa de juros neste ano.

Às 8h10 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,12 por cento, após devolver os ganhos de mais cedo na sessão.

O índice caminha para acumular uma perda semanal de mais 4 por cento após os mercados serem pressionados por uma pesquisa mostrando que a atividade do setor industrial da China caiu ao nível mais fraco desde 2009.

“Não houve nada particularmente altista, de fato os mercados asiáticos recomeçaram suas vendas generalizadas e Janet Yellen azedou o humor ao praticamente confirmar que uma alta dos juros acontecerá antes do final do ano”, disse o operador da Capital Spreads Jonathan Sudaria em nota.

Yellen, falando uma semana depois de o Fed adiar a esperada alta dos juros, afirmou que ela e outras autoridades do banco central não esperam que os recentes acontecimentos econômicos globais e do mercado financeiro afetem de forma significativa a política do Fed.

O índice Nikkei do Japão terminou uma sessão volátil com alta de 1,76 por cento, mas ainda perdeu mais de 1 por cento na semana que, devido a uma sequência de feriados nacionais, teve apenas dois dias de operações.