Bolsas da América Latina fecham em alta

Na Argentina, o volume financeiro totalizou 44 milhões de pesos (US$ 10 milhões)

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta quinta-feira em alta de 1,06%, aos 2.749,00 pontos. Já o Índice Geral da Bolsa subiu 0,64% e ficou nos 159.301,75 pontos, enquanto o Merval 25 avançou 1,02%, encerrando aos 2.817,56.

O volume financeiro totalizou 44 milhões de pesos (US$ 10 milhões). As altas foram lideradas pelas ações da Tenaris (+2,72%), Pampa Energia (+2,51%) e Banco Hipotecário (+1,91%). Já as maiores baixas foram dos papéis do Banco Patagonia (-0,82%), Molinos (-0,72%) e Aluar (-0,69%).

No mercado de câmbio, o dólar fechou em leve alta, cotado a 4,32 pesos para a compra e a 4,36 pesos para a venda. 

O índice IPSA da Bolsa de Valores de Santiago do Chile fechou nesta quinta-feira em alta de 1,10%, aos 4.410,05 pontos. Já o índice geral da bolsa chilena, o IGPA, subiu 0,86% e encerrou aos 21.015,71 pontos. O giro financeiro foi de 78,226 bilhões de pesos (US$ 164,68 milhões), em 7.674 operações.

O Índice Geral da Bolsa da Colômbia (IGBC) fechou nesta quinta-feira em alta de 0,41%, aos 14.111,22 pontos. O giro financeiro foi de 220,447 bilhões de pesos (US$ 123,92 milhões), em 3.288 operações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta quinta-feira em alta de 0,27%, aos 38.242,28 pontos. O giro financeiro foi de 11,375 bilhões de pesos (US$ 895 milhões).