Bolsas da América Latina fecham em baixa

Na Argentina, o Índice Geral da Bolsa subiu 0,13% e ficou nos 138.319,03 pontos, enquanto o Merval 25 caiu 2,05%, encerrando aos 2.385,64 pontos

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta quarta-feira em baixa de 2,06%, aos 2.335,01 pontos.

Já o Índice Geral da Bolsa subiu 0,13% e ficou nos 138.319,03 pontos, enquanto o Merval 25 caiu 2,05%, encerrando aos 2.385,64 pontos.

O volume financeiro foi de 63,1 milhões de pesos (US$ 14,21 milhões).

As maiores baixas foram das ações da Edenor (-11,83%), controlada pelo grupo argentino Pampa Energia, cujos papéis também caíram (-7,38%).

As fortes perdas foram registradas após a imprensa local indicar, nesta quarta-feira, que o governo se dispôs a abrir uma investigação ao grupo Pampa Energia pela aquisição de distribuidoras provinciais nas quais, segundo o Ente de Regulação Elétrica (Enre), não foram respeitadas as normas vigentes.

Fontes da companhia consultadas pela Agência Efe, no entanto, disseram desconhecer a existência de uma investigação em curso.

Outras baixas na Bolsa de Buenos Aires foram os papéis da Sociedad Comercial del Plata (-4,96%) e do Grupo Financiero Galicia (-4,33%). Já as altas foram lideradas pelos títulos da Molinos (+8,94%), Petrobras Energia (+6,65%) e YPF (+3,73%).

No mercado de câmbio, o dólar fechou em leve alta, cotado a 4,46 pesos para a venda.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,23%, aos 39.122,82 pontos. O giro financeiro foi de 10,29 bilhões de pesos (US$ 769 milhões).

O Índice Geral da Bolsa da Colômbia (IGBC) fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,12%, aos 15.169,65 pontos. O giro financeiro foi de 296,139 bilhões de pesos (US$ 168,20 milhões), em 3.703 operações.

O índice IPSA da Bolsa de Valores de Santiago do Chile fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,62%, aos 4.492,75 pontos. Já o índice geral da bolsa chilena, o IGPA, fechou em baixa de 0,42%, aos 21.580,82 pontos. O giro financeiro foi de 60,994 bilhões de pesos (US$ 125,76 milhões), em 7.855 operações.