Bolsas da América Latina fecham em alta

Na Argentina, o Índice Geral da Bolsa ficou em 150.802,12 pontos, alta de 0,64%, enquanto que o Merval 25 subiu 0,11%, para 2.476,59 unidades

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta sexta-feira em alta de 0,10%, aos 2.435,96 pontos.

No fim do dia, o Índice Geral da Bolsa ficou em 150.802,12 pontos, alta de 0,64%, enquanto que o Merval 25 subiu 0,11%, para 2.476,59 unidades.

O giro financeiro foi de 40 milhões de pesos (US$ 8,7 milhões), com 41 altas, 31 baixas e cinco títulos estáveis.

No mercado de câmbio, o preço do dólar se manteve estável e fechou a 4,54 pesos para compra e a 4,59 pesos para venda.

O índice geral da Bolsa de Valores da Colômbia (BVC), o IGBC, fechou em alta de 2,73%, aos 13.858,17 pontos. o giro financeiro do dia foi de 213,453 bilhões de pesos (US$ 119,30 milhões) em 3.775 operações. Em 2012, o índice IGBC acumula uma variação positiva de 7,22%.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta sexta-feira em alta de 499,16 pontos (1,22%), aos 41.476,48. O giro financeiro do dia, em 427 milhões de títulos negociados, foi de 12,860 bilhões de pesos (cerca de US$ 970 milhões).

Na sessão foram trocados títulos de 95 empresas, dos quais 57 subiram, 25 caíram e 13 se mantiveram sem variação.

O principal indicador da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, o IPSA, fechou nesta sexta-feira em alta de 0,44%, aos 4.254,32 pontos, em sintonia com alguns mercados externos.

Por outro lado, o Índice Geral da Bolsa Chilena (IGPA) registrou aumento de 0,30%, em seu indicador e ficou em 20.560,60 pontos.

O giro financeiro das ações negociadas chegou a 113.599.045.071 pesos (cerca de US$ 231,83 milhões) em 10.563 negócios.

O Inter 10, que mede o desempenho local dos títulos negociados em ADRs (American Depositary Receipts) em Nova York e que são um importante componente do IPSA, fechou em baixa de 0,35%, aos 5.431,31 pontos.