Bolsas chinesas avançam com otimismo empresarial

Tanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, quanto índice de Xangai tiveram alta de 0,28 por cento

Xangai / Tóquio – Os mercados acionários da China subiram nesta quarta-feira, impulsionados pela forte alta no setor de consumo e entre os fabricantes de automóveis “de nova energia”, além da melhora da confiança e das expectativas dos empresários de que Pequim manterá a estabilidade nos mercados financeiros antes do congresso do Partido.

Tanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, quanto índice de Xangai tiveram alta de 0,28 por cento.

Ambos os índices têm operado em intervalos estreitos nas últimas três semanas.

O presidente chinês, Xi Jinping, disse antes do Congresso do Partido Comunista no próximo mês que a estabilidade é um princípio absoluto que precisa ser tratado com “mãos fortes”.

Pequim tipicamente intervém via fundos de investimentos estatais e orientação informal em corretoras e gerentes de fundos.

Enquanto isso, o UBS Securities publicou uma pesquisa sugerindo que os líderes empresariais chineses em geral mantêm uma perspectiva positiva para os próximos seis meses, com a maioria das empresas planejando aumentar as despesas de capital no próximo ano.

As empresas de matérias-primas e as ações de consumo lideraram o avanço, enquanto os fabricantes de carros “verdes” e os integrantes da cadeia de distribuição ampliaram a alta em meio ao frenesi por veículos de “nova energia”.

Já o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,24 por cento às 7:42 (horário de Brasília), depois que Wall Street atingiu novas máximas.

Entretanto, os movimentos eram limitados uma vez que o mercado espera a decisão de política monetária do Federal Reserve mais tarde na sessão.

. Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,05 por cento, a 20.310 pontos.

. Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,27 por cento, a 28.127 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,28 por cento, a 3.366 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,28 por cento, a 3.842 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,16 por cento, a 2.412 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,54 por cento, a 10.519 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,24 por cento, a 3.218 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 recuou 0,08 por cento, a 5.709 pontos.